Em uma rápida pesquisa pela internet você com certeza encontrará listas e mais listas para montar o enxoval do seu bebê. Todas com aqueles itens principais, como bodies, produtos de higiene, banheira, termômetro e por aí vai. No entanto, alguns produtos se tornam essenciais conforme a vivência de cada família, formando uma espécie de enxoval além do básico. São aqueles “queridinhos” que fazem a diferença nos primeiros dias e até meses do bebê.

Agora que eu estou grávida vou aproveitar para dar dicas um pouco mais personalizadas e, claro, francesas!

 

Enxoval além do básico

 

Cuidar de um bebê não é uma tarefa fácil. Especialmente quando se trata do primeiro filho e ainda temos tantas dúvidas e ansiedades em relação à nova configuração familiar a partir da chegada do pequeno. A rotina será diferente e isso vai demandar muita energia e disposição dos pais até que tudo se encaixe.

Pensando nisso, confira sugestões para um enxoval além do básico. Apresentamos 5 itens que geralmente não estão nas listas, mas que podem representar mais praticidade nos cuidados com o bebê, pensando no bem-estar de toda família.

 

1 – Saco de dormir

 

O desejo de 10 em cada 10 mães é que o filho durma bem e em segurança! A estatística não tem embasamento científico 😉 mas com certeza reflete uma preocupação constante das famílias: o sono do bebê.

No quesito sono seguro o saco de dormir é a melhor alternativa. Ele foi criado mais de 20 anos atrás na Europa com o intuito de deixar os bebês cobertos por toda noite e em segurança. Isso porque você já deve ter ouvido falar que um berço seguro não deve ter nada! Nem cobertores, nem travesseiro, nem bichinhos de pelúcia. A recomendação é para evitar qualquer tipo de bloqueio na respiração da criança, que pode inclusive ser fatal.

Como francesa é impossível não comprar esse item para o enxoval… Fiquei boquiaberta quando descobri que as brasileiras não conheciam o saco de dormir e ainda usavam cobertores. Parecia algo com 20 anos de atraso!

Tal medida de segurança contribui com o sucesso do saco de dormir em diversos países, inclusive na França. Agora o artigo chega no Brasil em modelos cheios de estilo e pronto para acompanhar as noites do seu Joli Môme 🙂

As mães que adotam o saco de dormir muitas vezes aconselham em seguida para as amigas. Depois de experimentar a turbulette usar cobertores e travesseiros não faz mais sentido!

Bebê dormindo num saco de dormir

Além da segurança, a qualidade do sono é algo importantíssimo, tanto para seu bebê quanto para você. Para o bebê contribui no desenvolvimento saudável, dando energia para a rotina. Para os pais é sinônimo de saúde e disposição, afinal, nada como uma boa noite de sono para descansar depois de um dia intenso cuidando de uma criança.

O saco de dormir é um verdadeiro aliado e contribui para noites de sono sem choro e sem estresse. Isso porque ele pode fazer parte do ritual de sono, tão importante para a rotina na hora de dormir. Ao vestir o pijama e o saco de dormir a criança começa a relacionar a sequência de atividades com a proximidade do momento de descansar, ficando mais calma e tranquila. Além do que, por ser fechadinho ele deixa o bebê aconchegado!

Combinando a roupa com o saco de dormir adequado seu filho também estará protegido na temperatura certa, para não passar frio ou calor. Você evita assim despertares noturnos desnecessários que acontecem com os cobertores que não ficam no lugar!

Viu só como o saco de dormir é importante já a partir dos primeiros dias de vida? Agora que você sabe de todas as vantagens confira dicas especiais para escolher o modelo certo para o seu bebê.

2 – Sling

 

A criança esteve por cerca de 9 meses no aconchego do útero e se entende como parte do corpo da mãe, especialmente nos 3 primeiros meses de vida (período também conhecido como exterogestação). Ela está desenvolvendo seus sentido ao mesmo tempo em que vai formando vínculo com as pessoas ao seu redor, principalmente os pais.

Isso acontece de uma forma muito forte e intensa através do olfato e do tato. O cheirinho da mamãe transmite segurança e aconchego para o bebê, bem como o contato físico através do colo.

Mãe carregando o bebê de sling

E justamente por envolver tais fatores o sling pode ser essencial no enxoval além do básico. Com ele o bebê se sente protegido e tranquilo por estar perto da mãe. Já para os pais os carregadores de bebê significam mãos livres para desempenhar outras tarefas, inclusive dar atenção para o filho mais velho, no caso de famílias com mais crianças. Também são um alívio para a coluna e os braços, ainda mais conforme o bebê vai crescendo e ficando mais pesado.

Fiquei muito surpresa quando cheguei no Brasil pela primeira vez e vi várias mães carregando os filhos nos braços, na rua, no ônibus. Quanta coragem elas têm! Isso me fez repensar na importância do aconchego e do toque, por isso não vou deixar de ter um sling para continuar minhas atividades profissionais sem deixar de ter o contato direto com meu bebê!

Dica para hora de comprar: o wrap sling é um dos modelos indicados para ser usado com recém-nascidos. Veja aqui como usar.

3 – Bomba de tirar leite materno

 

Um sentimento comum durante a amamentação, mas às vezes oculto, é o de “prisão”. Isso mesmo! A gente sabe os benefícios de amamentar e que a recomendação dos órgãos de saúde é de 6 meses de aleitamento materno exclusivo.

Na teoria é lindo, mas a prática é diferente. Além das dificuldades que podem surgir, amamentar pode gerar a sensação de que estamos presas ao cronograma do bebê, sem tempo para si.

E aqui que entra a terceira dica para o enxoval além do básico: a bomba de tirar leite materno. Com ela você pode programar saídas com mais tranquilidade, sem ter que voltar correndo para casa a qualquer sinal de fome do bebê. Dá até para pegar um cinema a dois 😉

Cuidar de si depois da maternidade é muito importante. Uma mãe feliz vai ter muito mais disposição e alegria em cuidar do seu bebê. Então, a bomba para extração de leite pode ser uma ferramenta extremamente útil e libertadora permitindo você enxergar a maternidade com mais leveza.

Meu marido sempre teve medo da gente ter filho e não poder ter mais liberdade. E com o tempo pensei também sobre a importância para os pais de serem felizes para passar energia positiva para os filhos. Nisso espero conseguir, passadas as primeiras semanas do nascimento, conciliar o bebê com o retorno à algumas atividades sociais! A bomba de tirar leite será uma grande aliada nessas condições!

Bomba de tirar leite

4 – Transat

 

O transat ou cadeirinha de descanso do bebê pode ser um salvador quando a gente precisa de um tempinho. Seja para comer com mais calma, tomar banho, passar a roupa ou fazer alguma outra atividade doméstica com o bebê por perto. Fácil de levar por onde você for pela casa e seu bebê sempre fica em contato visual com você.

Existem diversos modelos, inclusive com móbiles e funções musicais. Isso ajuda a manter o bebê tranquilo e também serve de estímulo visual e tátil conforme a criança cresce.

Cadeira para bebê

Aqui em casa, por escolha, não vai ter empregada, nem babá… Então já penso, com prazer, em levar meu bebê para todos os cantos comigo. Na cozinha, na lavanderia, no banheiro, no escritório. Acho que o transat ajudará e muito a gente a conviver e compartilhar momentos! PS: sou também a favor da motricidade livre! Nos momentos mais calminhos espero deixar o bebê livre com seus movimentos sob um tapete.

5 – Trocador

 

O último item do enxoval além do básico é o trocador. Mas como assim? O trocador não é um tópico essencial na hora de se preparar para a chegada do bebê? Até pode ser. Mas aqui entra a observação de uma francesa em relação aos modelos brasileiros.

Os trocadores laterais (comuns em cômodas) ou como o modelo em cima da banheira dobrável são pequenos e estreitos, deixando você muito aflita a qualquer movimento do bebê. Eles não possuem espaço para deitar a criança e ter a roupa, fralda ou lenço umedecido em uma disposição de fácil acesso.

Pensando na praticidade e segurança do bebê a dica é prestar atenção ao tamanho do trocador para que ele seja largo e prático, deixando a hora de trocar seu bebê mais agradável e sem preocupação. Se for fazer o móvel sob medida fica mais fácil, mas você também pode pedir a um marceneiro de adaptar aquele que você já tem aumentando o tamanho do tampo, por exemplo!

comoda com trocadar

Que as dicas possam ajudar as gravidinhas que estão pensando no enxoval do seu pequeno. Afinal, sempre queremos estar preparadas cuidar do bebê com o máximo de conforto e segurança.

Se você tiver mais itens fora do básico para aconselhar, por favor, fica à vontade e deixe o seu comentário! ?

Abraço,

Pauline B.

 

 

Site administrado no Brasil por pequenaweb.com

logo