Para um bebê ter um sono tranquilo, a hora de dormir é fundamental. Um ritual de sono organizado e repetido diariamente vai contribuir para que a criança relaxe e identifique aquele momento como a preparação para o descanso.

No entanto, além do ritual de sono, outras dicas podem contribuir para você ajudar o seu bebê a dormir sem choro e estresse. Isso vai favorecer mais horas de sono e um descanso revigorante, importante para o crescimento e desenvolvimento da criança. Mais do que isso, fundamental também para os pais, que merecem um momento de sossego (e por que não um momento a dois?) depois de uma rotina de cuidados com o bebê e outros compromissos cansativos, como atividades domésticas ou profissionais.

Então, saiba como ajudar o seu filho a dormir sem choro e estresse:

Bebê com saco de dormir

1 – Capriche na rotina: para o bebê, o mundo todo é uma descoberta permanente e a rotina dá segurança para a criança, pois através da repetição ela consegue identificar o que acontecerá em seguida e, assim, fica mais tranquila. Então, procure manter os mesmos horários para sonecas, mamadas e refeições, caso a criança já coma papinhas ou outros alimentos. À noite, siga a mesma sequência diariamente para o ritual de sono, com ações mais tranquilas e que vão preparar o bebê para dormir. Algumas sugestões de etapas que podem fazer parte do ritual noturno: banho, massagem relaxante, história, vestir o pijama e colocar o saco de dormir. Além da segurança, isso vai ajudar o seu bebê a estabelecer seu ciclo circadiano, o ciclo de 24h, liberando os hormônios do sono na hora certa!

2 – Deixe clara a diferença entre dia e noite: quando os bebês nascem, eles não são regulados com um ciclo de 24h (ciclo circadiano), dividido pelo dia e pela noite. Como pais, devemos ajudá-los a entender essa primeira rotina que gira o mundo! Use algumas estratégias para marcar a diferença entre dia e noite para o seu bebê. Isso já pode ser feito a partir das primeiras semanas de vida, embora leve um pouquinho de tempo até a criança começar a assimilar. Durante as sonecas diurnas, deixe o quarto mais claro, com luz natural, e mantenha as atividades da casa normalmente, sem preocupação com silêncio absoluto. Também deixe a criança dormir com roupa normal, sem colocar pijama. Já para o sono noturno, prepare o quarto escuro e procure favorecer um ambiente mais silencioso. O pijama pode ser colocado depois de um banho relaxante.

importancia da rotina

3 – Prepare o ambiente: para um sono noturno tranquilo, o ambiente precisa estar confortável para o bebê. O quarto deve estar escuro (mas pode deixar um luz baixinha para você enxergar no meio da noite!), em uma temperatura agradável (20°C no inverno e perto de 22°C no verão) e sem estímulos visuais e sonoros. No berço, evite qualquer brinquedo ou bichinho de pelúcia, no máximo a naninha (com seu cheiro fica melhor ainda! Fica a dica!). Para segurança do pequeno, também é recomendável uma caminha sem protetores de berço, travesseiros e cobertas, pelo risco de asfixia. A final menos é melhor!

4 – Certifique-se que o pequeno está confortável: para dormir bem, seu bebê precisa estar com a fralda seca, de barriguinha cheia e vestido com roupas adequadas. Se a criança estiver com frio ou calor, isso certamente vai deixá-la impaciente. Para escolher a roupa de dormir, você deve levar em consideração a temperatura do quarto. Outra dica é vestir seu filho em camadas, ou seja, com peças que vão se sobrepondo. Assim, fica mais fácil adicionar ou tirar peças, se ficar mais frio ou calor. Não esqueça de equilibrar as peças de roupa com o saco de dormir, que vai manter o bebê sem se descobrir durante toda noite.

Tabela de relação entre TOG, roupa e temperatura do quarto

5 – Acostume o bebê a dormir sozinho: evite associações ao sono, como colo, amamentação e embalo. Quando a criança se acostuma a dormir de determinada maneira, é mais difícil mudar o hábito. Portanto, desde os primeiros meses de vida estimule a criança a pegar no sono por conta própria. Mas como fazer isso? Após o ritual de sono, faça um carinho no seu bebê e deixe-o sem culpa no berço (claro, se não estiver chorando!). Depois de brincar um pouco, ele vai dormir. Se seu bebê chorar muito, você pode ler esse artigo que deve ajudar! É uma aprendizagem progressiva e, com o passar do tempo, seu filho irá tranquilo para o berço logo após o ritual do sono. Se o bebê já está acostumado com alguma associação, tente ir tirando de forma gradual e com muita paciência, pois é normal ele relutar um pouco no início. Mas vale a pena tentar, pois é muito alívio para a família toda quando a hora do sono se passa sem estresse!

6 – Acalme o bebê com ações que lembram a vida no útero: essa dica é muito importante com recém-nascidos! Pense que nos últimos meses mãe e bebê estiveram conectados 100% do tempo, corpo a corpo. Além disso, o ambiente do útero era de extremo conforto e aconchego para a criança. Então, a sua voz, um movimento leve, ruído branco (também chamado de white noise, som que lembra o útero e pode ajudar a acalmar o bebê) e uma bolsa de água quente são recursos para tranquilizar o seu filho, especialmente se ele estiver agitado ou estressado. Ser mãe é uma aprendizagem… tente, na pior possibilidade vai ficar igual, na melhor vai funcionar e ajudá-la a acalmar o seu pequeno!

7 – Evite estímulos quando o bebê acordar durante a madrugada: quando o bebê acordar, evite ligar a luz, fazer barulho ou mudar a temperatura do ambiente. De novo, o saco de dormir é uma ótima dica! Se pegar seu bebê no colo para amamentar ou simplesmente reconfortar, ele vai ficar no mesmo calor do cobertor… nada mais gostoso! Então, se precisar amamentar ou trocar a fralda, faça isso de forma calma e evitando ao máximo qualquer estímulo que pode despertar o bebê. Além disso, quando o pequeno chorar, espere alguns instantes para ter certeza que ele precisará de atenção. Algumas vezes as crianças choram um pouco, mas só porque estão com o sono agitado, voltando a dormir logo em seguida por conta própria. Se ele despertar mesmo ou ter algum incômodo, estará se mexendo todo e terá os olhos bem abertos.

Com as dicas você vai ajudar o seu bebê a ter noites tranquilas, para dormir sem choro e estresse. Lembre-se que assim como sentar, engatinhar ou comer, o sono é uma aprendizagem, ou seja, um processo que pode levar tempo. Então, confie em você e no seu bebê e dedique-se desde cedo que com certeza seu bebê responderá da melhor forma possível!

E seu bebê, dorme facilmente ou precisa de muita ajuda? Conta para nós seus truques ou suas dificuldades! 😉

Um abraço,

Pauline

Site administrado no Brasil por pequenaweb.com

logo